Rapazes detidos pela PM, transportando um bovino abatido, não furtaram o animal, esclarece Polícia Civil

Compartilhe...
Na noite da última segunda-feira (22), o Batalhão Rural, da Polícia Militar (PM), apresentou na delegacia de polícia de Quirinópolis, dois rapazes que foram parados em um bloqueio policial, transportando no interior de um veículo, uma espingarda cal. 22 e um bovino já abatido e dividido em partes.
O autor explicou que havia comprado 11 arrobas de carne, do gerente de uma fazenda, mas, os policiais suspeitaram de que o gado poderia ser produto de crime. Na delegacia de polícia, o rapaz foi autuado em flagrante somente pelo porte ilegal de arma de fogo. Nas redes sociais circulou um vídeo do que seria o momento em que o animal era abatido com um tiro de espingarda. A Polícia Civil esclarece que os fatos não condizem com a realidade, e que o bovino apreendido não é produto de crime. A investigação concluiu que o animal havia sido adquirido pelo homem, que pagou o valor de mercado, foi abatido na fazenda do vendedor e transportado já em partes.
FONTE: https://www.facebook.com/nossatvnet/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *