Disparo de arma de fogo contra portão de edícula pode ter sido motivado por perturbação do sossego.

Compartilhe...

Por volta das 21h de ontem (16-01-2022), a Polícia Militar (PM) foi acionada a uma edícula localizada no Residencial Atenas, onde um rapaz de 22 anos de idade contou que um vizinho fez ameaças para que o som fosse desligado. Minutos depois, ouviu-se um disparo de arma de fogo contra o portão. O homem negou os fatos, afirmando que não estava em casa no momento do ocorrido.(Imagem ilustrativa: reprodução/ internet)

FONTE: https://www.facebook.com/nossatvnet/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *