Polícia Civil de Quirinópolis prende em flagrante homem de 52 anos que praticava sexo virtual com criança de 11 anos.

Compartilhe...

A Polícia Civil de Quirinópolis, após tomar conhecimento de que um homem de 52 anos estava enviando mensagens de cunho sexual, compartilhando fotos e vídeos íntimos para uma criança de 11 anos de idade, cujo telefone ele pegou em um grupo de Whatsapp da filha, colega de sala da vítima, autuou em flagrante o autor por estupro de vulnerável por meio virtual e pelo crime de aliciamento e instigação de criança para com ela praticar atos libidinosos. A vítima relatou à autoridade policial que o autor disse saber onde a menor estudava e morava, e com medo de que ele fizesse algum mal a ela e a seus familiares, cedeu às chantagens e passou a compartilhar os conteúdos que o autor pedia. Após, diante das negativas da vítima de encontrar o autor pessoalmente, ela disse que ele passou a ameaçar divulgar fotos e vídeos dela nos grupos da escola. A mãe, percebendo as alterações de comportamento da filha, pegou o celular dela para verificar suas conversas e se deparou com o conteúdo das mensagens trocadas até a noite de ontem (16). Os aparelhos celulares do autor e da vítima foram apreendidos pela Polícia Civil e serão devidamente analisados e periciados.

FONTE: https://www.facebook.com/nossatvnet/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *